DINÂMICA DE GRUPO

As dinâmicas de grupo oferecem às pessoas uma resposta às necessidades lúdicas escassas em diversos ambientes, com o objetivo de integrar o grupo e possibilitar um retorno dos dados necessários.
Geralmente são criativas e atrativas que possibitam desenvolver nas pessoas um lado descontraido e critico.   

                                                           

Dicas para dinâmicas de grupo:


Controle sua ansiedade, manter a tranqüilidade ajuda em quase todas as situações;
Evite falar em excesso ou impedir que os outros também participem;
Vista-se discretamente, a apresentação pessoal é muito importante. São indicadas roupas confortáveis, uma vez que a tarefa pode exigir que o participante sente-se no chão. As mulheres devem evitar os decotes e as saias justas e curtas, e os homens, o jeans. Estes devem dar preferência às camisas de manga longa. Lembre-se que para cada lugar devemos vestir um tipo de roupa;
Seja claro e objetivo ao expor suas idéias. Caso peçam para listar suas qualidades e defeitos, faça-o de maneira equilibrada. Evite elogiar-se demais ou mentir;
Aja com naturalidade na dinâmica de grupo , os comentários preconceituosos e as ironias não caem bem;
Dormir bem nos dias que antecedem a dinâmica é essencial para que não se apresente aparência de cansaço ou abatimento;
Chegar ao local marcado 15 minutos antes do horário marcado;
Não se preocupar com os "vexames";
Ser o mais natural possível.
Seguindo todas essas dicas você terá a certeza de que está no caminho certo para se dar bem e conseguir o emprego.

 

 

______________________________________________________________________________________________________

 

 

Algumas dicas de DINÂMICA PARA VOCÊ APLICAR EM sua empresa, curso, sala de aula etc.

 

 
 

Loteria de apresentação

 

 
 

Passos

 

1- O coordenador entrega uma ficha e um lápis a cada participante, pedindo que escrevam seu nome e a devolvam a ele.
2- Entrega a seguir, o cartão de loteria, como o modelo abaixo:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3- Pede-se aos presentes que anotem o nome de seus companheiros à medida que forem lidos pelo coordenador, de acordo com as fichas entregues pelo grupo. Cada qual escreve no espaço que desejar.
4- Quando todos estiverem com o seu cartão pronto, o coordenador explica como jogar: conforme forem sendo repetidos os nomes dos participantes, cada um vai assinalando o cartão, no lugar onde consta o nome citado, como em uma cartela de bingo.
5- A primeira pessoa que completar uma fileira ganhará dez pontos.
6- O exercício poderá ser repetido várias vezes.
 
Avaliação

1- Para que serviu a dinâmica?

-----_____________________________________________________________________________________________________________

Primeiros nomes, primeiras impressões

 

Passos

1- O coordenador pede aos participantes sentados em círculo que se apresentem, dizendo seu nome e dois fatos marcantes de sua vida.
2- Coordenador pede que todos virem as costas (evitando que um veja os outros) e escrevam ao mesmo tempo, o primeiro nome de todos os participantes do grupo, à medida que deles se lembrem.
3- Voltando-se novamente para o grupo, procuram saber qual o nome, que ficou esquecido na lista. Podem pedir que as pessoas indiquem mais um fato a fim de melhor fazer a ligação com o nome.
4- O grupo discute os nomes, sentimentos ligados a eles, dificuldades que sentiram para lembrar de todos, suas reações em não ser lembrados, etc.
5- O coordenador distribui outra folha em branco, na qual devem fazer a lista dos nomes novamente, pedindo-lhes que acrescentem anotações em relação à primeira impressão que tiveram das pessoas, deixando a folha anônima.
6- As folhas anônimas serão recolhidas, e o coordenador irá lê-las em voz alta: Os membros poderão reagir sobre a precisão ou relatividade das impressões, sobre o que sentiram, o que lhes surpreendeu, etc.
7- O grupo discutirá a precisão dos dados da primeira impressão, os efeitos da mesma e suas reações sobre a experiência.
 
Avaliação
1- Como estamos nos sentindo?
2- Do que mais gostamos?
---______________________________________________________________________________________________________________
Eu sou o outro
 
Passos
1- Dividir o grupo em duplas (preferencialmente em duplas que não se conheçam).
2- Pedir que conversem a respeito de si, seus gostos, seus desejos, suas esperanças, sua família, sua casa, seu trabalho, etc.
3- Depois de alguns minutos reúnem-se todos e cada um vai se apresentar, mas dizendo as coisas do outro como se fosse eu (Exemplo: apresentando o "fulano" = Eu me chamo "fulano" e gosto de passear, etc.).
 
Avaliação
1- Como é apresentar o outro?
2- É fácil me colocar no lugar do outro?
---______________________________________________________________________________________________________________
Aprendendo o nome
 
 
Passos
1- Animador solicita que o grupo, de pé, forme um grande círculo.
2- A seguir, dá início ao exercício: dá um passo à frente, diz seu nome, acompanhado de um gesto com as mãos ou com todo o corpo, quando então as pessoas do grupo repetem em côro o nome do animador e fazem o mesmo gesto.
3- Prosseguindo, a pessoa à direita do animador diz seu nome e cria um novo gesto. O grupo repete o nome e o gesto do colega, e assim sucessivamente até todos se apresentarem.
 
Avaliação
1- Comentar a respeito da técnica.
---______________________________________________________________________________________________________________
Dinâmica de apresentação
 
Passos
1- Cada um dirá o próprio nome acrescentando um adjetivo que tenha a mesma inicial do seu nome. (Exemplo: Roberto Risonho)
2- O seguinte repete o nome do companheiro com o adjetivo e o seu apresenta acrescentando um adjetivo para o seu nome e assim sucessivamente.
(Exemplo: Roberto Risonho, Nair Neutra, Luzia Linda, Inácio Inofensivo).
---______________________________________________________________________________________________________________
Nome e significado
 
Passos
 
1- Procure / pesquise na internet os significados dos nomes de todas as pessoas do seu grupo e os significados.
2- Prepare fichas, na forma de quebra-cabeça, uma parte é o nome, a outra é o significado.
3- Distribua duas partes para cada pessoa: pode ser dela mesma, ou outro nome, e sempre com o significado desencontrado.
4- Diga aos participantes que andem pela sala, procurando encontrar pares corretos de nome e significado, montando cada quebra-cabeça numa mesa ou no chão, à medida que encontram os pares; até que todos os nomes tenham sido montados.
5- Cada um deve então pegar o seu próprio nome com o significado correto e depois, um a um lê em voz alta o seu nome e o significado para os demais.
 
Avaliação
1- Quem se surpreendeu com o significado do seu nome? Porque?
2- Quem passou a gostar mais do seu nome depois de saber o que significa?
3- Por que nosso nome é importante para nós?
---______________________________________________________________________________________________________________
A foto preferida

Material
Oito fotografias tamanho pôster, numeradas, apresentando cenas diversas, colocadas em lugar visível.
 
Passos
1- A motivação é feita pelo animador, com as seguintes palavras: “Em nossa comunicação diária, nós nos servimos de símbolos para expressar coisas, identificar pessoas, acontecimentos e instituições: neste momento, vamos fazer algo semelhante”.
2- Convida os presentes a observarem as fotografias em silêncio e escolher aquela com que melhor se identificarem.
3- A seguir, em equipe, cada qual indica a foto escolhida e faz seus comentários sobre ela. Os demais participantes podem interferir, fazendo perguntas.
 
Avaliação
1- Para que serviu o exercício?
2- Como nos sentimos durante a experiência?
---______________________________________________________________________________________________________________
 

http://www.diogoraiza.com/index.php/downloads/finish/4/43/0 slide em powerpoit para apresentar.

---______________________________________________________________________________________________________________

Camisetas

Material

Alfinetes ou fita adesiva, pincéis ou canetas, folhas de jornal e tesoura.
 
Passos
1- Cada participante pega uma meia folha de jornal, rasga ou corta as pontas de cima no formato de camiseta.
2- Escreva na camiseta de jornal: o seu nome, que trabalho faz. Onde trabalha, se gosta ou não do trabalho.
3- Pode dar as seguintes orientações: escreva ou desenhe algo que caracterize sua vida de trabalhador.
4- Prega-se a camiseta no corpo e circula pela sala para cada um ler o que outro escreveu ou desenhou.
---______________________________________________________________________________________________________________
Nome (???)

Material
Cartelas de cores variadas, tamanho aproximadamente de 10 x 5 cm, canetas
 
Passos
1- Recortar cartelas em número suficiente, de modo a não faltar para ninguém.
2- Escrever em cada cartela, uma frase significativa (pode ser versículo bíblico, parte de uma música, um pensamento, etc.).
3- Cortar as cartelas ao meio, de modo que a frase fique dividida.
4- A dinâmica inicia-se com a distribuição das duas metades, tendo o cuidado para que todos recebam.
5- Estabelecer um tempo para as pessoas procurarem as suas metades.
6- À proporção que cada dupla se encontrar, procurará um lugar para conversar: o ponto de partida é a frase escrita na cartela.
7- Após alguns minutos, o facilitador solicita que algumas duplas falem sobre a experiência (o que sentiram, como foi o encontro, etc.).
---______________________________________________________________________________________________________________
Cumprimento criativo

Material
Musica animada.
 
Passos
1- O apresentador explica ao grupo que quando a música tocar todos deverão se movimentar pela sala de acordo com o ritmo da mesma.
2- A cada pausa musical: Congelar o movimento prestando atenção à solicitação que será feita pelo apresentador.
3- Quando a musica recomeçar atender a solicitação feita.
4- O apresentador pedirá formas variadas de cumprimento corporal a cada parada musical. (Exemplo: Com a palmas das mãos; Com os cotovelos; Com os pés; etc.)
5- Após vários tipos de cumprimento, ao perceber que se estabelece no grupo um clima alegre e descontraído, o apresentador diminui a música pausadamente, pedindo a cada pessoa que procure um lugar na sala para estar de pé, olhos fechados, esperando que a respiração volte ao normal.
6- Abrir os olhos, olhar os companheiros, formar um circulo, sentar.
 
Avaliação
1- O que foi mais difícil executar? Porque?
2- O que mais gostou?
3- O que pode observar?
---______________________________________________________________________________________________________________
Bingo Humano


Materiais
Crachás, alfinetes, folhas do bingo (conforme modelo abaixo), sendo um para cada participante, canetas, uma para cada participante, saquinho (para colocar os crachás no momento do sorteio), prêmio (para o vencedor do bingo, caso necessário).
 
Passos
1- Conforme vão chegando os participantes, faz-se os respectivos crachás, mas não os entrega, guarda-os em um saquinho.
2- Depois de todos já estarem reunidos para o início o apresentador distribui para cada um uma folha de bingo e uma caneta e dá um tempo, por exemplo, três minutos para que todos saiam perguntando o nome de quem encontrar (se existirem nomes iguais colocar o sobrenome ou algo que o identifique, exemplo: grupo, cidade, etc.) e marcando nos quadrados da folha.
3- Quando o tempo estiver encerrado, o apresentador pega os crachás e começa o Bingo sorteando os crachás, e quem tiver o nome sorteado marca na cartela, o primeiro a encher a cartela ganha o prêmio.
4- Conforme vão sendo sorteados os crachás o apresentador vai entregando-o ao participante para não tumultuar ao final.

Cartela:
Dinâmica da Geografia

Passos
1- O animador pede para as pessoas se agruparem por um parâmetro geográfico (Exemplo: grupo, paróquia, cidade, etc. )
2- Propõe agora que cada grupo crie uma música (usando músicas conhecidas ou não) falando de seu ambiente (grupo, cidade, etc., de acordo com a divisão).
3- Passado alguns minutos para criação e ensaio da música, reúne- se o grupo organizado agora pela localização geográfica, a partir do animador que representará a localidade onde estão.
4- Depois de todos estarem situados cada grupo cantará sua música e dirá o seu grupo ou cidade.
5- Esta dinâmica poderá ser seguida de outra dinâmica para uma apresentação individual.
---______________________________________________________________________________________________________________

Trenzinho

Passos
1- Durante um curto tempo as pessoas podem andar pela sala relembrando o nome de todos os participantes do grupo e reparando em pelo menos uma qualidade de cada um.
2- Passado esse tempo, um dos coordenadores, identificado como locomotiva, sai correndo em volta da sala e diz o nome e qualidade de alguém, que se prende a locomotiva chamando outra pessoa pelo nome e destacando uma qualidade.
3- Segue-se até formar o trem com todos participantes.

 --__________________________________________________________________________________________________

Dinamica de Grupo para Professores.

 

Dinamica de Grupo para Professores

A rigidez é sempre importante em um professor,  mas isso não significa que este precisa ser uma pessoa chata e sempre rigorosa. A seriedade é importante em alguns momentos para que os aadquiram respeito para com o professor.

Mas as dinâmicas em grupos  são sempre uma ótima opção para o professor conhecer um pouco mais de cada aluno e ainda divertir e descontrair a sala. Muito usadas com um fundo lógico, as dinâmicas estão presentes no dia-a-dia de muitos profissionais.

Confira agora algumas dinâmicas que podem ser aplicadas em por professores:

Dinâmica: “da Historinha”

Objetivo: Treinar a memorização e atenção.

Procedimento: Todos devem estar posicionados em círculo de forma que todos possam se ver. O organizador da dinâmica deve ter em mãos um objeto pequeno e direcionando a todos deve começar a história dizendo: Isto é um ….. (Ex. cavalo). Em seguida deve passar o objeto à pessoa ao seu lado que deverá acrescentar mais uma palavra a história sempre repetindo tudo o que já foi dito. (Ex. Isto é um cavalo de vestido…), e assim sucessivamente até que alguém erre a ordem da história pagando assim uma prenda a escolha do grupo.

Cria-se cada história engraçada… É bem divertido, aproveitem.

---_______________________________________________________________________________________________________________

Dinâmica: “Recital das Almas Gêmeas”

Objetivo: É uma atividade muito divertida, que tem como objetivo a descontração e a aproximação entre os membros do grupo.

Material: papel e caneta

Procedimento: Divide-se a turma em duas equipes. Em papeis serão escritas mensagens que se completam (perguntas e respostas ou parte 1 e parte 2). Cada participante deverá pegar um papel, ou mais conforme a quantidade de papeis e participantes, sem deixar que seus colegas vejam o que está escrito. A mensagem será ex: 1 – ‘eu sou um jardim sem flor’, 2- ‘ eu sou a flor do teu jardim’. A segunda parte complementa a primeira. É importante que as mensagem sejam criativas e engraçadas. É preciso demarcar quais são as primeiras partes, para que sejam recitadas primeiramente, sendo completadas pela sua respectiva segunda parte.

---_______________________________________________________________________________________________________________

Dinâmica: “Para quem você tira o chapéu”

Objetivo: Estimular a autoestima

Materiais: um chapéu e um espelho, O espelho deve estar colado no fundo do chapéu.

Procedimento: O animador escolhe uma pessoa do grupo e pergunta se ela tira o chapéu para a pessoa que ver e o porquê, sem dizer o nome da pessoa. Pode ser feito em qualquer tamanho de grupo e o animador deve fingir que trocou a foto do chapéu antes de chamar o próximo participante. Fizemos com um grupo de idosos e alguns chegaram a se emocionar depois de dizer suas qualidades. Espero que gostem!

 ---______________________________________________________________________________________________________________

Dinâmica do Sentimento.

Há um tipo de dinâmica que é bem bolada e de grande utilidade para que sejam expressos os sentimentos do grupo que está interagindo.  O objetivo desta dinâmica é fazer uma maiorinteração entre os participantes e analisar a socialização, o dinamismo, paciência e liderança dos integrantes do grupo.

A Dinâmica

Basta fazer um círculo de mãos dadas com todos os participantes da dinâmica.

Devendo quem está fazendo a dinâmica pedir que cada um decore exatamente a pessoa em que vai dar a mão direita e a mão esquerda. Depois todos largam as mãos e caminham aleatoriamente, passando uns pelos outros olhando nos olhos para passar sinceridade.

Quando for dado o sinal para parar todos se abraçam no centro do círculo” bem apertadinhos”. Todos devem ficar na mesma posição como estátuas, para logo darem as mãos para as respectivas pessoas que estavam de mãos dadas.

O objetivo é despertar em todos o sentimento der cooperação.

 

PageRank