TECNOLOGIA

29 mar. 2011 - REGRAS DE ETIQUETA VIRTUAL

por Garota Geek 

netiquetaVocê fala mais com os dedos do que com a boca. Tem mais amigos no Facebook do que na faculdade. Conta mais piada no Twitter que no bar. A tecnologia está no centro das relações sociais. Mas como se comportar?

 

1. Liguei para uma pessoa e ela não atendeu. Deixo recado ou mando SMS?
Mande SMS. As estatísticas mostram que, desde 2009, as redes de celular têm mais tráfego de dados que de voz. Ou seja, a caixa postal é um artefato do século 20: lento, caro e invasivo. Só use em último caso, em recados formais (para seu chefe, sogro, médico etc.). Ou se você quiser dar uma de stalker.

2. Choque elétrico, arrancamento de unhas, afogamento simulado. Nenhuma dessas torturas se compara às reuniões da minha empresa: estou preso numa há 3 horas, e quero me matar. Posso buscar alegria no mundinho mágico do meu smartphone?
Não busque alegria. Busque conhecimento. Brincadeira. Bem, se os outros estiverem usando seus aparelhos, pode até ser. Tudo depende da idade média das outras pessoas. “Se para os chamados babyboomers (pessoas com mais de 45 anos) isso pode ser grosseiro, para os membros da geração Y (gente com menos de 30 anos) o indelicado é não responder um SMS em 5 minutos”, afirma Marcelo Coutinho, diretor do Terra América Latina.

3. Ligam pra mim no meio dessa reunião super­legal. É impor­tante. O que faço?
Escolha uma das alternativas abaixo.
A. Ignore a chamada e desligue o celular.
B. Saia para atender, mas volte rapidinho.
C. Saia para atender, mas fique meia hora enrolando.
D. Coloque no viva-voz e peça a outra pessoa para dar pitaco na reunião.

Resultados
Se você respondeu A, ganhou pontos com o chefe – mas perdeu a chance de recuperar a sanidade mental por alguns minutos (o que seria proporcionado pela opção B). A alternativa C só serve para pessoas folgadas extremamente criativas: se você voltar do passeio com uma boa ideia para apimentar a reunião, por que não? Opção D? Prepare-se para ser tachado de louco – ou gênio das estratégias corporativas (qual patrão não adoraria os insights do seu tio do interior?).

4. Estou numa peça de teatro insuportável. Tudo bem passar o tempo respon­dendo umas mensagens no celular?
Quando você for a um programa potencialmente chato, tipo palestra motivacional ou peça do Gerald Thomas, tome as precauções necessárias: coloque o brilho do visor no mínimo, para poder ligá-lo sem dar muita bandeira. Se você tiver seguro do aparelho, melhor ainda – Thomas já chegou a arrancar o celular da mão de um espectador.

5. Quero dar unfollow em alguém. Como fazer isso sem criar um clima ou ganhar um inimigo?
Se você der unfollow, a pessoa vai perceber – existem plug-ins para Twitter e Facebook que alertam sobre esse gesto inamistoso. Existe uma solução melhor. Instale o Tweetfilter, que é um acessório para o navegador Google Chrome e permite ocultar os tweets de uma pessoa sem dar unfollow nela. No Facebook, clique no pequeno “X” que é exibido ao lado do comentário mala – e aparecerá uma opção que permitirá ocultar todas as atualizações daquela pessoa.

6. Posso usar ringtones personalizados?
Pode, desde que você evite o ridículo do óbvio (ou o óbvio do ridículo). Como lembra Luiz Yassuda, colaborador do site de tendências Brainstorm #9: “Colocar o tema do plantão da Globo como toque personalizado para a mulher é muito manjado”.

Também não valem:
- Funk, Charm e pancadões do tipo.
- Clássicos de Justin Bieber, como “Baby”.
- Música-tema de Super Mario Bros. Ser nerd é legal, mas sem exageros.
- Coisas tipo “Ô ADRIANO, TÁ ME OUVINDO?” ou qualquer piada ligada ao Pânico na TV e similares. Prefira A Praça é Nossa.

7. Posso escutar música no trabalho como se não houvesse amanhã e o chefe estivesse em Aruba (mesmo ele estando do meu lado)?
Claro. Um estudo da Universidade de Illinois constatou que ouvir música no trabalho aumenta a produtividade média das pessoas em 6,3%. Mas, para não ficar totalmente alheio ao que se passa no escritório, instale o aplicativo Awareness.

8. Meu colega não tira os fones de ouvido. Só que eles vazam o som e sou obrigado a ouvir as músicas dele, na forma de chiadinho, o dia inteiro.
Descubra a data de aniversário da pessoa e presenteie-a com um fone do tipo in-ear – são aqueles modelos com ponta de borracha, que ficam enfiados no canal auditivo e por isso não deixam o som escapar. Custam em média R$ 60.

9. Assinei um plano de internet mega rápido. Posso compartilhar a conexão com o pessoal do meu prédio?
Por mais que você esteja com megabytes sobrando, é melhor não. Em fevereiro, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) multou em R$ 3 mil um internauta de Teresina que compartilhava sua conexão com mais 3 pessoas. Os contratos dos serviços de banda larga proibem o compartilhamento.

10. Adoro encaminhar correntes de e-mail e arquivos de PowerPoint com mensagens edificantes. Posso?
Se você tem mais de 50 anos, pode mandar para seus filhos e sobrinhos. Se não, não.

11. Meu vizinho deixou A rede Wi-Fi aberta sem querer. Oba! Posso usar?
Se a sua vida depender disso… Mas não digite senhas de sites como Gmail, Twitter ou Facebook. E não baixe nada: fazendo downloads, você poderá estourar a cota de tráfego (limite imposto por serviços como o Vírtua) do vizinho.

12. Como devo batizar a minha rede?
O nome da sua rede Wi-Fi pode ser visto por todo mundo num raio de até 100 metros. Não use seu próprio nome ou sobrenome, pois é exposição demais. E evite termos relacionados a futebol, pois eles podem atrair hackers que torçam para outros times (invadir uma rede Wi-Fi é muito mais fácil do que você imagina). Use um nome neutro, que não chame a atenção.

13. E a senha?
Um dia, as visitas vão querer usar o Wi-Fi na sua casa – e você terá de compartilhar a senha com elas. Não repita as senhas que você já utiliza para outros serviços, como Gmail e Facebook, e evite coisas que possam ser constrangedoras (na linha “rickfofucho33″).

14. Escrevi uma grande besteira no Twitter. Apago ou ignoro?
Se você se der conta rapidamente, apague. Mas, se o tuite foi escrito há mais de 10 minutos (ou se você tem muitos seguidores), não adianta deletá-lo: com certeza alguém já viu, e sua tentativa de eliminar a mensagem chamará mais atenção para ela. Escreva 4 ou 5 tweets sobre outros assuntos, para que a mensagem infeliz seja jogada para a parte de baixo da tela. Se mesmo assim der confusão, peça desculpas e siga em frente.

15. DM or not DM?
“@rogério Vamos nos encontrar no bar hoje?”  Twitter não é lugar de chat. Se você quer falar com uma só pessoa, use o recurso de Direct Message (ou serviços como o Twee.li, que adiciona um mensageiro instantâneo no Twitter). Não atormente seus seguidores com mensagens que não dizem respeito a eles.

16. “Fulano convidou você para fazer parte do Sonico/Hi5/Quora (ou qualquer outra rede social que você não usa nem quer usar)”. E agora?
Se o autor do convite é seu amigo, e se deu ao trabalho de escrever uma mensagem personalizada, é de bom tom adicioná-lo. Já se você receber apenas um convite padronizado, gerado pelo próprio site, pode ignorá-lo (seu amigo provavelmente convidou dezenas de pessoas e nem vai perceber).

17. Passei Photoshop na foto do meu perfil no Facebook. Pode, Arnaldo?
Dar um tapa no contraste e nas cores não vai matar ninguém. Só não faça como Paula Leite, a participante do BBB 11 que afinou a própria cintura numa foto de praia. “Quem abusa ganha o apelido de ‘beleza thumbnail’”, diz Vitor Guerra, da agência Ideia S/A. Também não coloque uma foto em que o seu rosto aparece meio de lado. Todo mundo sabe que isso é um truque para parecer mais magro.

18. Devo preencher campos como esportes, filosofia e religião no perfil do Facebook?
Sim. Mas evite coisas radicais ou polêmicas – 70% das empresas olham o Facebook dos candidatos a emprego.

19. Meu amigo está entulhando meu Facebook com atualizações de Mafia Wars, Farmville e outros joguinhos.
Instale o Facebook Purity (www.fbpurity.com), que elimina automaticamente todas as menções a esses games.

20. Quero ver um filme muito raro, que não existe em DVD – só nos downloads ilegais. Posso baixar?
Não deveria. Mas, ao fazer isso, você não está roubando dinheiro do artista (pois o filme não está à venda). E até ajuda, pois chama atenção para a obra dele.

21. Não entro no Orkut há um tempão. Devo me suicidar?
Não! A vida sempre vale a pena. Agora, se você está se referindo a seu perfil no Orkut: deletar a conta dá mais trabalho do que simplesmente deixá-la parada lá. E, segundo o Ibope, o Brasil ainda tem 43 milhões de usuários no Orkut – sempre pode aparecer um amigo ou conhecido por lá.

22. Amo minha cara-metade. Estamos juntos na foto do perfil. Tudo bem?
Não. A não ser que vocês queiram ser vistos como se fossem gêmeos siameses na rede social, é melhor cada um ter seu perfil. Sempre haverá assuntos a ser tratados só com o Michel, não com o “Michel & Vania Forever <3″.

23. Estou fazendo o upload das fotos da festa de ontem. Devo ou não taguear (marcar) meu amigo numa foto em que ele está desmaiado de tanto beber?
Melhor não. Se a foto for mesmo embaraçosa, nem publique: mande antes por e-mail para o seu amigo e peça permissão a ele. Também cheque o que você realmente está subindo. “Uma conhecida postou uma foto de suas cachorras e digitou a legenda ‘Os dois monstrinhos’. Mas, na verdade, era uma imagem das nádegas dela”, diz Gil Giardelli, coordenador da ESPM e especialista em redes sociais.

Fonte: Revista SuperInteressante

_____________________________________________________________________________________________________

Aprenda a baixar vídeos do YouTube

David de Oliveira Lemes
04-09-2006

Faça o download de seus vídeos favoritos do YouTube e assista no computador a hora que quiser

Quem leu esta matéria também leu:

 

Baixe seus vídeos favoritos do YouTube para o computador e assista a hora que quiser

Que o YouTube é um fenômeno, não há dúvida. O site exibe aproximadamente 100 milhões de vídeos por dia, e os mais populares circulam por e-mail. Quantos links do YouTube você recebeu hoje? Aprenda agora a baixar essas imagens para o seu computador de forma fácil e rápida.

O primeiro passo neste processo é identificar qual vídeo você quer baixar. Se você é uma daquelas pessoas “viciadas” no YouTube, deve ter uma lista com todos os seus links favoritos. Escolha um.

Depois de selecionar o link do vídeo, copie o endereço. Se o vídeo está aberto no seu navegador, vá até a barra de endereços e marque a URL completa, incluindo o http://. Use o comando Crtl+C para esta operação.

Feito isso, acesse o site KeepVid e cole o endereço (Crtl+V) no campo indicado. No menu ao lado, selecione YouTube e, logo em seguida, clique em download. Veja que a lista de sites que oferecem vídeos online é grande e este tutorial serve para todos os serviços.

KeepVid Tela2

Passados alguns segundos de processamento, o KeepVid apresentará um atalho para baixar o arquivo. Clique em Download Link para trazer o vídeo para o seu computador. Após o download, localize-o e adicione a extensão FLV (.flv) no final. O que você acabou de baixar é um arquivo de vídeo para Macromedia Flash.

Se o seu navegador padrão for o Firefox, você também pode instalar o VideoDownloader, um add-on que roda no navegador e faz o mesmo trabalho do KeepVid.

O próximo passo é converter o arquivo FLV, que requer um software da Macromedia para rodar, para um formato que funcione na maioria dos players de vídeos, como o MPEG.

Agora, baixe aqui o Batch FLV Converter para seu PC. Este é o programa responsável pela conversão do arquivo FLV para MPEG. Descompacte o arquivo flvconvert.zip em uma pasta e abra o software clicando em flvconverter.exe.

Chegou a hora de converter o arquivo. Clique em Add Files e selecione o vídeo que você baixou do YouTube. Lembre-se de ter colocado a extensão FLV no final arquivo. No campo Output Folder, indique o diretório onde será salvo o vídeo. Em Output Optins, selecione MPEG 1 e não altere as outras configurações. Depois disso, clique em Process! Veja a tela do programa abaixo.

Pronto. Seu vídeo já está convertido para MPEG e pode ser exibido em vários players. Inclusive, se você quiser, pode até gravá-los em um DVD para assistir em sua sala de estar.

Batch TV Tela
_____________________________________________________________________________________________________

 POWER POINT

POR: Paulo Araujo 24/05/11

 Como converter apresentações do PowerPoint em páginas da internet Aprenda como transformar suas apresentações em páginas da internet para poder mostrá-las para todo o mundo!


QUANDO CRIAMOS UMA APRESENTAÇÃO no PowerPoint é porque queremos divulgá-la, mostrá-la para alguém, etc. E qual a melhor maneira para se fazer isso? Enviá-la pela internet! Pois então, o primeiro passo para se conseguir publicar algo na internet é salvar a apresentação em um formato compatível com os navegadores de internet atuais. Depois é só enviar o seu trabalho pelo canal que vc achar melhor. Mãos à obra!


Salvando a apresentação

No PowerPoint do Microsoft Office 2007, clique no símbolo do Office no canto superior esquerdo da janela, mova o mouse acima de “Salvar como” e escolha “Outros Formatos”, ou então simplesmente aperte a tecla “F12”.

power1

Agora você deverá escolher se deseja uma “Página da Web de Arquivo Único”, a mais indicada para usuários inexperientes, ou uma “Página da Web”, que cria uma pasta com todas as imagens da apresentação, juntamente com a página (escolher essa opção permitirá que mais navegadores visualizem a apresentação).

power2

Depois de escolher uma das duas e salvar a apresentação, volte na tela “Salvar como...” (aperte F12) e clique em “Publicar” para poder definir se a apresentação será mostrada por completo ou se será restrita a um determinado número de slides.

Nessa parte também é possível definir se as anotações do orador serão exibidas, em quais navegadores a apresentação será visualizável, o título que aparecerá no topo do navegador (clique em “Alterar...”), o nome do arquivo quando for salvo (clique em “Procurar...”) e se você deseja abrir a apresentação no seu navegador após salvá-la.

power3

Para configurar como a sua página da web aparecerá no seu navegador (fonte da letra, cor de fundo, etc.), clique em “Opções da Web”. A maioria das opções pré-selecionadas, com exceção daquelas nas abas “Geral”, “Navegadores” e “Fontes”, não precisarão ser mudadas para a maioria dos usuários, pois alterá-las só se fará necessário em situações bastante específicas.

power4

Após você alterar o que deseja, clique em “OK” e depois em “Publicar”. Pode ser que apareça uma janela de aviso depois de você clicar em “Publicar...”, isso acontece no caso de você não ter mudado o nome do arquivo, para resolver isso, clique em “Não”, mude o nome do arquivo e clique em “Publicar...”.

Feito isso, o seu navegador abrirá automaticamente a página criada (no caso de você ter escolhido tal opção), na parte esquerda da tela ficam os títulos dos slides e na direita a visualização completa deles.

power5


Leia mais em: REVISTA TECNOMUNDO

 

24 mar. 2011

TRUQUES DO GOOGLE QUE DEVEMOS SABER!

google_fullO Google é cheio de segredos e a maior parte dos internautas não conhece nem um terço deles. Alguns truques são apenas para divertir e rendem boas risadas, mas outros podem ser muito úteis e facilitar nossa vida online. Existem muitos, mas nós separamos os 10 que achamos mais legais, olha só!!!

1. Frase completa
Muitas vezes quando você vai fazer uma pesquisa aparecem muitos resultados e a maioria não é o que você quer por exemplo: você pesquisa – Tablets Mostrado na CES 2011 -, mas o resultado que aparece fala só sobre a CES ou só dos tablets, para você encontrar exatamente o que quer basta fazer sua pesquisa com “(ASPAS).

2. Converter valores e medidas
Esse é um dos truques úteis, mas que poucos conhecem. Muitas vezes você tem que ir em algum site para ver quanto está a moeda do dia para só depois poder calcular os valores. No Google, no entanto, basta você digitar o valor e a moeda e depois a moeda que você quer que o Google converta. Por exemplo: 1 US in Real.

3. Procure por rostos no Google
Vamos supor que você está procurando por alguma pessoa no Google Imagens, e você não acha, o que fazer? Desistir? NÃO. Simplesmente coloque esse comando no final da sua URL, &imgtype=face, que o Google automaticamente filtra sua pesquisa somente por rostos.

4. Buscar excluindo conteúdo pornográfico
Seu filho vai fazer um trabalho escolar sobre “sexo”, mas você não quer que ele se depare com milhares de sites impróprios e com uma grande chance de ver o que não deveria. O Google pode ser configurado para que suas pesquisas não retornem com sites pornográficos, basta configurá-lo clicando aqui.

5. Busca por tipos de arquivos
Muitas vezes você precisa encontrar algum manual ou um arquivo em PDF por exemplo, está ferramenta é a solução que você pediu. Basta seguir o exemplo: “manual Canon t1i” ext:PDF. O resultado será apenas de arquivos PDF assim facilitando a sua busca. Você pode colocar outras extensões, por exemplo, ext:DOC.

6. Definição de palavras com o Google
Para usar o serviço de definição de palavras do Google é muito simples, basta você acessar o Google e digitar, exemplo: DEFINE:PALAVRA, onde está palavra você digita a palavra que você quer saber o significado.

7. Horário mundial
Quer Saber que horas são em Tokyo, Inglaterra, Sudão? Basta ir no Google e digitar What time is it in ____ O Espaço em branco você coloca o País.

8. Use o Google para baixar música
Quer baixar músicas no seu computador, mas não quer instalar nenhum programa? Use a pesquisa do Google, basta copiar este código abaixo e trocar o “Nome_da_banda” por sua favorita:
-inurl:(htm|html|php) intitle:”index of” +”last modified” +”parent directory” +description +size +(wma|mp3) “Nome_da_banda”

9. Descubra o nome do diretor de seus filmes preferidos
Você assistiu um filme e adorou, aí você vai no Google descobrir quem é o diretor e consultar outros títulos que ele dirigiu, não é? Pois dá para facilitar essa busca, digitando Director:NOMEDOFILME. Por exemplo: director:batman.

10. Previsão do tempo
Para saber a previsão do tempo nas maiores cidades do mundo basta você digitar weather:CIDADE. Por exemplo: weather:tokyo.

E aí, você conhece outros truques legais? Conta pra gente!

_____________________________________________________

NETBOOK OU NOTEBOOK? Que dúvida hem?!

netbook_vs_notebookHá alguns anos pensar em comprar um computador portátil estava fora de cogitação para grande parte da população, pois era muito caro. A tecnologia avançou e o acesso a ela foi ficando cada vez mais fácil. Hoje em dia há diversas opções que cabem no bolso de quase todos. Muitas pessoas, no entanto, não sabem qual a melhor opção e o que estava barato pode acabar saindo caro com uma decisão errada. Para ajudar, eu tentei resumir a diferença entre o netbook e o notebook, que são os computadores portáteis mais vendidos.

A primeira coisa que é importante dizer é que os dois possuem vantagens e desvantagens, a questão é entender quais são as suas necessidades para entender qual computador pode atendê-las melhor. Pense sempre o que você irá fazer com esse computador, é para trabalho, para uso pessoal, vai precisar de programas específicos, é só internet, etc.

 

Vamos as características principais de cada um deles:

 

Notebook – Funciona praticamente como um computador completo. Um bom notebook, com tela maior e peso considerável, consegue dar conta do recado de praticamente qualquer tarefa que um PC de mesa tira de letra. Até algum tempo atrás, notebooks eram sinônimo de máquinas limitadas e fracas, mas hoje isso não é verdade. Além de consumir menos energia para funcionar que um PC convencional, os notebooks têm a vantagem de serem portáteis, servir como poderosas máquinas de multimídia – alguns até rodam filmes em Blu-Ray – e, em alguns casos, substituir totalmente os PCs de mesa.

Netbook – É mais voltado para navegação e mobilidade. Popularizou-se rapidamente por ser mais barato, leve (pesa cerca de 1kg) e menor que os notebooks existentes até então. Muita gente procura um net porque são mais fáceis de carregar e cabem em qualquer lugar, porém, um netbook possui uma configuração bem mais modesta que a do notebook, apesar de ser é melhor para executar tarefas simples. Netbooks são ótimos para levar à aula e fazer anotações, por exemplo. Também são o suficiente para apresentações e planilhas leves. Alguns modelos até permitem que você ouça MP3 e veja vídeos.

Resumindo, para navegação  na web, escrever textos e rotina básica de escritório, o netbook dá conta, principalmente se você já tem um bom PC em casa. Para tarefas mais pesadas, como multimídia e jogos simples, ou como substituto ou equivalente ao PC de mesa, o notebook é a resposta.

____________________________________________________________________________________________________

11 mar. 2011

10 DICAS para facilitar a sua vida na net!

marketing-internet-1024x1015A grande sacada da internet é a rapidez. Você pode fazer coisas que levariam horas em apenas alguns minutos, instantaneamente e em tempo real. O que leva tempo demais para ser feito acaba tornando-se obsoleto na internet. Por isso, listamos 10 coisas legais e divertidas ou bem úteis que podem ser feitas em apenas 15 minutos e que irão melhorar sua vida na web.

1.    Todas as redes numa só

Quem começa o dia só depois de dar uma olhada nas atualizações de todas as redes de que faz parte, pode unir tudo no site www.friendfeed.com. O site integra as informações de 58 serviços online, como Flickr, Digg, Twitter, Facebook, LinkedIn, e até sistemas de comentários em blogs. Assim você fica por dentro de todas as novidades sem perder muito tempo!!!

2.    Seu celular velho também pode tuitar

Não é preciso ter um smartphone para se manter atualizado no Twitter. Se o seu celular tem browser HTML, é só usar a versão móvel do Twitter (http://mobile.twitter.com). Se você não tem nem browser, ainda tem solução. Você pode configurar o envio de tuítes por SMS. Para quem tem TIM é só ir em Settings -> Mobile e informar o número do seu celular. Para outras operadoras é só acessar o SMS2blog (www.sms2blog.com.br) que é gratuito e encaminha para o Twitter as mensagens enviadas por SMS.

3.    Ganhe dinheiro com seu blog

Hoje em dia não é preciso ser famoso para conseguir patrocinadores. Você pode anunciar ofertas de grandes empresas através de programas de vendedores afiliados das lojas virtuais. Dá para ganhar um dinheiro de comissão com as vendas e é bem simples, basta subir o banner da loja. Alguns sites que fazem esse tipo de parceria:  Submarino, UOL, Buscapé e Mercado Livre. Também é possível acessar do Boo-box (http://boo-box.com) que tem anúncios personalizados e até campanhas para divulgar no Twitter.

4.    Scanner virtual com OCR

Às vezes precisamos editar um texto, mas quando vemos estão em arquivos protegidos, em PDF ou em fotos de uma apresentação de Power Point, por exemplo. A boa notícia é que é possível extrair o texto dessas imagens acessando o site www.free-ocr.com. O site funciona como um scanner vitual que reconhece e libera os caracteres para serem editados.

5.    Gmail de bandeja

Mesmo sendo um serviço online, o Gmail pode fingir que é um programa instalado no PC. Ele pode aparecer como um ícone na área de notificação do Windows. É só instalar o Gmail Notifier Plus (www.info.abril.com.br/downloads/gmail-notifier). Com isso dá para verificar se tem novas mensagens só passando o mouse sobre o ícone e para enviar emails basta clicar com o botão direito no ícone e escolher Compose Mail.

6.    Quero minhas fotos de volta

Você apagou sem querer todas as suas fotos da câmera fotográfica? Calma, não entre em pânico. Desligue a câmera e baixe o programa DataRecovery (www.info.abril.com.br/downloads/datarecovery) e rode-o no PC. Ponha o cartão de memória na câmera conectada ao USB e indique no programa, depois clique em Scan. O programa vai recuperar os arquivos guardados na memória do cartão. Selecione os que você desejar recuperar e clique em Recover.

7.    Do YouTube para o seu computador

Existem vários programas para baixar vídeos do youtube, mas o processo pode ser muito mais rápido do que você imagina. Sem baixar nenhum programa, basta alterar a URL do vídeo, trocando o Y pelo número 3. O que era www.youtube.com vira www.3outube.com. O browser vai redirecionar para uma página que permite baixar o vídeo nos formatos MP4 ou Flash (FLV), ai é só escolher e fazer o download.

8.    Da internet para a TV

Os televisores com entrada USB podem rodar filmes baixados da internet, nos formatos DivX, MPEG e WMV. No entanto, muitos filmes quando são baixados estão em formatos diferentes, e ai o que fazer? Fácil, existem diversos programas que convertem arquivos, um deles é o Any Video Converter Free (www.info.abril.com.br/downloads/any-video-converter-free-3). É só baixá-lo, instalar no computador e converter os vídeos que quiser. Depois salvar no pen drive e abrir na sua televisão. Outro problema que você pode enfrentar é em relação as legendas do filme, que muitas vezes não são compatíveis. Para evitar isso, é só usar o AVI Recomp (www.info.abril.com.br/downloads/avi-recomp) que une o conteúdo das legendas ao próprio vídeo.

9.    Organize sua coleção de MP3

Todo mundo que tem uma lista de músicas está acostumado com aquelas que ficam com nomes errados ou então marcadas como Artista Desconhecido. Como, em muitos casos, a lista de arquivos MP3 é beeeem grande, arrumar tudo manualmente pode dar muito trabalho. Então, esse site, Magic MP3 Tagger (www.info.abril.com.br/downloads/magic-mp3-tagger) pode ser a solução. O programa usa os dados criados pelo próprio usuário para completar os metadados ID3 das músicas e caso a busca online não consiga preencher os campos que faltavam o programa renomeia automaticamente os arquivos de acordo com o nome da pasta em que eles estão ou com outros critérios à sua escolha.

10.    iPod Touch vira iPhone

A diferença entre esses dois é que o iPhone faz ligações, não é? Mais ou menos!!! Alguns aplicativos da App Store permitem instalar o Skype, Fring ou o Line2 no seu iPod Touch, e assim dá para usá-lo como telefone! Só é preciso ter uma boa conexão Wi-Fi e um headset para baixar um desses aplicativos, que funcionam muito bem e aceitam até planos pagos que permitem fazer ligações para telefones fixos.

Fonte: Revista Info